quarta-feira, 13 de junho de 2012

Incerteza


Espero que não tem sintas sozinha, sem mim. 
Sim! Começo a perceber agora que tudo o que vivi até agora foi um sonho, daqueles que apenas nós sabemos o quanto é bom estar a sonhar e sentir tudo aquilo ao mesmo tempo... Se um dia me perguntarem se tudo isto valeu apena eu direi com toda a certeza que sim! O tempo que foi-se gastando enquanto estava contigo... tudo isso, cada simples pormenor, está guardado para sempre comigo, seram grandes recordações, sem dúvida!
Percebo que se isto foi um sonho, chegará o hora de acordar, aí terei de viver, remar contra a maré sem o apoio que me davas, sem aquele abraço que eu queria quando me sentia fraco para enfrentar tamanhas ondas. Apesar de todas elas terem passado e muitas mais viram a caminho, sei, que por mais que queira, o vento tudo leva, mas a pergunta permanece e permanecerá, até a verdadeira resposta chegar: Serei feliz assim para sempre? 
Tarde compreendi o quanta falta me fazes depois de tanto tempo contigo, e agora que te vejo a separares-te de mim fico nervoso com tudo aquilo que vou ter de encarar, com tudo aquilo que terei de compreender, tudo aquilo que queria ter por perto e não posso, tudo o que sempre tive e não dei importância e agora que estou prestes a perder, fico a pensar: Serei feliz assim para sempre? Ou será apenas mais uma etapa que a minha vida me tirou? Serei feliz assim para sempre? Ou serás tu uma ilusão num futuro relembrado? 

Bruno Pereira

2 comentários:

  1. http://www.publipt.com/pages/index.php?refid=missengcivil

    please go

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu sou a D e adoro literatura, poesia e textos bem escritos. Também sou fanática por fotografia .
    Muito bem escrito , o que aqui li.
    Gostei bastante e fiz-me seguidora
    Xi-<3 D
    http://acontarvindodeceu.blogspot.pt

    ResponderExcluir